top of page

CNN Brasil exibe “Japão, Terra da Resistência”, série e documentário originais sobre os desafios enfrentados pelo país

Ex-correspondente em Tóquio, Márcio Gomes volta ao país para registrar os estragos do último terremoto, a gastronomia, a memória dos bombardeios e a tecnologia usada para várias questões, inclusive para o envelhecimento da população


Por LIPE JUSTINO


Márcio Gomes em Wajima, cidade devastada por terremoto em 1ª de janeiro - Foto: Divulgação/CNN Brasil

Disposta a ampliar o número de produções que tem consolidado sua expertise na realização de séries documentais, a CNN Brasil lançará no dia 8 de abril mais um conteúdo de relevância original: “Japão, Terra da Resistência”, estreia dentro do CNN Prime Time, com cinco episódios a serem exibidos de segunda a sexta, mais um documentário especial reservado ao sábado. Ex-correspondente brasileiro no Japão, onde morou por cinco anos (2013-2018), o âncora do CNN Prime Time, Márcio Gomes, voltou ao país que tão bem o acolheu, para documentar os desafios enfrentados pela população após os estragos causados pelo terremoto de janeiro. 


Mas não há como abordar essa questão de forma isolada, e Márcio estende seu olhar para outros aspectos, como o envelhecimento da população, a gastronomia local, a geopolítica, e a memória dos bombardeios em Tóquio, além da conhecida habilidade dos japoneses com tecnologia e o impacto dessa expertise na vida local.


“O brasileiro já notou que o número de jovens está diminuindo no nosso país – algo que o Japão vivencia há décadas, com forte impacto no dia a dia dos japoneses. Eles se preocupam se a qualidade do ‘Made in Japan ‘ vai cair, e já sentem a falta de mão de obra em diversos setores”, comenta Márcio. “O que fazem para driblar esse problema?”, questiona.

 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 

Sua proposta é trazer assuntos que também nos dizem respeito, a fim de apresentar referências e inspirar soluções para os nossos desafios. Essa sempre foi a ideia do jornalista durante o período em que ele foi correspondente na Ásia: trazer exemplos de inventividade, organização, disciplina e dedicação. 


Os episódios de “Japão, Terra da Resistência” estarão divididos da seguinte forma: 


_ Terremoto: Márcio e equipe chegam a uma das regiões mais afetadas pelo terremoto de 1º de Janeiro, a cidade de Wajima, onde a destruição foi vasta e deixou 241 mortos, além de muitas pessoas sem água e sem casa. O solo subiu 4 metros e a península se moveu 1,30m. 


_ Envelhecimento: um trator que anda sozinho e um neozelandês que construiu um hotel no interior do Japão. Essas são as duas maneiras que poderão salvar o país do envelhecimento da população, ou seja, tecnologia e estrangeiros. A exposição de gráficos aponta a queda populacional e mostra exemplos de como a falta de mão de obra já impacta o país. 


_ Gastronomia: Da rua cheia de barzinhos típicos da noite de Tóquio ao restaurante estrelado, há o cardápio exótico e variado, além do clima festivo de um “pé-sujo” japonês. Márcio conversa com um dos chefs mais estrelados atualmente no país, Narisawa, que fala da preocupação de usar ingredientes locais e pensar no equilíbrio entre trabalho e família. 


_ Geopolítica: Mapas e imagens de arquivo ocupam a tela para que o telespectador possa compreender o jogo de interesses em ação no momento. A China investe fortemente em armas, enquanto a Coreia do Norte volta a fazer ameaças militares. Antigos inimigos mortais, Japão e Coreia do Sul tentam se aproximar, com as bênçãos dos Estados Unidos. Neste episódio, Márcio também visita uma estação de metrô de Tóquio que vai se transformar em abrigo antiaéreo.


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 

_ Museu: Um espaço dedicado a duas tragédias vividas pela cidade de Tóquio. Além do grande terremoto de 1923, mais recentes na memória da cidade são os bombardeios de 1944/45. Márcio apresenta um episódio pouco abordado: apenas em uma noite, em 1945, morreu mais gente em Tóquio, instantaneamente, do que nos ataques em Hiroshima e Nagasaki juntos. 


_ Documentário do Fim de Semana: Em cena, o lobo robô que afasta bichos das plantações. É a tecnologia ajudando a lidar com a agricultura e o envelhecimento, além de ser útil a uma série de outros fatores.

“Estar de volta ao Japão pela CNN me dá um prazer ainda maior. Afinal, este é o canal que me permitiu unir o papel de âncora de um telejornal em rede nacional com a reportagem. Poder sair da bancada por alguns dias e voltar com um material exclusivo, importante. E trabalhoso, mas sinto que devo isso ao nosso público”, conclui Márcio Gomes.

 

Japão, Terra da ResistênciaEstreia no dia 8 de abril, com episódios diários no CNN Prime Time, a partir das 20h, e no sábado, 13, em documentário que vai ao ar às 22h45.

 

 

SOBRE A CNN BRASIL
A CNN Brasil atua no País desde março de 2020, produzindo conteúdo jornalístico multiplataforma, com notícias transmitidas na TV por assinatura, sinal aberto em banda kU, site, serviço de streaming, apps e YouTube e, ainda, em perfis nas redes sociais e podcasts. Em todas as suas mídias, a CNN Brasil atinge um público acima de 50 milhões de pessoas mensalmente.
Em seu elenco, figuram alguns dos jornalistas mais reconhecidos e com maior credibilidade junto ao público nacional, além de novos talentos do telejornalismo e comentaristas e especialistas de relevância em suas áreas.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page