top of page

Protagonista na HBO Max, Pedro Goifman estreia série documental sobre ditadura militar no Cine Brasil TV

Infantil e profundo, “Histórias de Fantasmas Verdadeiros Para Crianças” retrata um dos capítulos mais tristes da história do país. O ator protagoniza o projeto, conduzindo a narrativa




Frame da série "Histórias de Fantasmas Verdadeiros Para Crianças" (Foto: Divulgação)

Após grande sucesso de “B.A.: O Futuro Está Morto” na HBO Max, Pedro Goifman protagoniza um novo projeto. Mantendo o cunho político-social em alta, o ator acaba de estrear como protagonista em “Histórias de Fantasmas Verdadeiros Para Crianças”. A série retrata a ditadura militar de forma educativa para o público infantil. Gravada em 2018, foi finalizada recentemente e estreou em 4 episódios dia 15 de janeiro no Cine Brasil TV, sob direção de Mariana Lacerda.


“Meus avós sofreram com a ditadura e meus pais nasceram nesse período, então falar da infância na ditadura foi também falar da minha história e da minha família. É uma honra estar nessa série. É uma obra infantil, educativa, mas extremamente artística, lúdica e divertida.”



 

 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE



 

Fantasmas verdadeiros para crianças corajosas


Tratar de um assunto tão sério já pode ser desafiador para adultos e ainda mais para crianças, mas a importância é inegável. “Exige muita responsabilidade. Tive que ir além do que aprendia na escola, já que tinha apenas 14 anos na época. Li livros, conversei com pessoas e busquei fontes confiaveis”, conta Pedro.


Ainda sobre a formulação dos personagens que conduzem o enredo, ele, que era o mais velho entre as 7 pessoas selecionadas para o elenco, afirma que estar entre crianças tornou o desafio mais fácil e até divertido. “Teve muito improviso, então as nossas dúvidas sobre o assunto eram genuínas e próximas ao público que queríamos atingir. E era bastante intuitivo”.


Além disso, o cenário impulsionou ainda mais a criatividade. Segundo Pedro, a maior parte da série foi gravada em uma grande sala no centro de cultura Casa do Povo, em São Paulo, com tecidos, araras, brinquedos de madeira, plantas, redes, tapetes e projetor. 


Cápsula do tempo


Revisitando a história do país, Goifman se viu revisitando também sua própria história. Com a série lançada 6 anos após as gravações, o ator se assistiu em outra perspectiva. “Assistir a série está sendo um processo louco, eu tinha 14 anos e hoje tenho 20. Mudei muito, não só fisicamente, mas também na minha experiência e trabalho. É uma delícia relembrar quem eu era e perceber que realizei sonhos que tinha nessa época. Pude me orgulhar de quem fui e de quem sou”.


Mais detalhes sobre a série em: https://historiasdefantasmas.com.br/


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE



 

Saiba mais sobre Pedro Goifman


Com apenas 20 anos, Pedro Goifman já coleciona diversos trabalhos na arte. Ator, diretor e roteirista, ele protagoniza seu segundo trabalho com a HBO Max após “Coisa de Menino”. Desta vez, deu vida a Tomás em “B.A.: O Futuro Está Morto”, uma adaptação dos quadrinhos “O Beijo Adolescente” de Rafael Coutinho. Além da série, o ator também estará em outra produção super aguardada: “Tarã”, do Disney+, com ninguém menos que Xuxa e Angélica, com estreia prevista para 2024.

Comentarios


NOVIDADES

Evento interativo Disney+ chega ao Iguatemi Campinas