top of page

Série "O Grito Das Mariposas”, estreia no Dia Internacional da Mulher no Star+

A produção estreia hoje, 8 de março, como parte das celebrações do Dia Internacional da Mulher



Nesta quinta-feira (08), chegou no Star+ a nova série dramática “O Grito das Mariposas”, inspirada na vida da icônica ativista dominicana Minerva Mirabal. A estreia faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher.


Também foi divulgado um material exclusivo com a equipe de produção e elenco comentando sobre “O Grito das Mariposas”, que é um emocionante drama histórico inspirado em acontecimentos reais, no qual as cores caribenhas se misturam com o crime e a política, retratando com rigor a vida de uma ilha dominada por um regime tirânico do ditador Rafael Leónidas Trujillo, conhecido como “el Chivo”, que governou a República Dominicana de 1930 até seu assassinato em 1961.




Com esses acontecimentos históricos como pano de fundo, a história tem como centro a amizade entre a jovem imigrante espanhola Arantxa Oyamburu e Minerva Mirabal, uma conhecida ativista política dominicana que, ao lado de suas irmãs, foi apelidada de “As Mariposas”, tornando-se uma lenda latino-americana ao enfrentar Trujillo e contribuir para o fim repentino do feroz ditador. A série narra o vínculo cativante, embora trágico, entre duas mulheres jovens e corajosas, cujos encontros e desencontros por mais de duas décadas foram marcados por acontecimentos brutais em torno da ditadura de Trujillo.


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 


Estrelada pela atriz dominicana Sandy Hernández (Minerva Mirabal), a atriz espanhola Susana Abaitua (Arantxa Oyamburu), o ator cubano Luis Alberto García (Rafael Leónidas Trujillo) e a atriz espanhola Belén Rueda (Pilar Macías), e realizada pela Pampa Films/Gloriamundi Producciones, “O Grito das Mariposas” segue a história de Minerva Mirabal, a advogada e ativista dominicana assassinada ao lado de suas irmãs por ordem do ditador Rafael Trujillo em 25 de novembro de 1960. Após o assassinato, as irmãs Mirabal se tornaram um símbolo da luta contra a violência de gênero no mundo inteiro e, desde 1999, todo dia 25 de novembro é comemorado o Dia Intern