top of page

Urubus, longa com produção de Fernando Meirelles, estreia dia 1º de junho

Dirigido por Claudio Borrelli, com produção de Fernando Meirelles, filme retrata o universo dos pichadores no centro e nas periferias de São Paulo; distribuição é da O2 Play


Urubus, longa com produção de Fernando Meirelles, estreia dia 1º de junho

Próxima quinta, 1 de junho, o filme Urubus, dirigido por Claudio Borrelli e com produção executiva de Fernando Meirelles, estreia nos cinemas brasileiros, com distribuição da O2 Play.


Urubus acompanha a história de Trinchas (Gustavo Garcez), jovem líder de um grupo de pichadores que escala os edifícios mais altos para deixar sua marca. Quando ele conhece a estudante de arte Valéria (Bella Camero, de "Marighella"), seus diferentes modos de vida entram em choque e disso resulta a invasão da 28ª Bienal de São Paulo.

“Urubus” - Créditos: Divulgação/O2 Play

 

CONTINUAR APÓS PUBLICIDADE


 


O longa-metragem tem roteiro assinado por Mercedes Gameiro, Claudio Borrelli e Cripta Djan, que trouxe para a história os elementos de ficção baseados em sua própria experiência como pichador.


"Como o pichador sempre tem muita história, não faltaram referências e inspirações para trabalhar o roteiro do filme. Todo pichador tem um livro para contar: são anos de dedicação nas ruas, aventuras e vivência na cidade. Desde o começo do projeto, mesmo tendo a minha própria vida como ponto de partida e sendo fiel aos fatos da minha trajetória, eu sempre tive a liberdade de trabalhar com a ficção. Isso me deu mais autonomia para a criação", afirma Djan.

 

CONTINUAR APÓS PUBLICIDADE




 

"Eu sempre brinquei com o Djan, dizendo: 'Você é o pintor e o filme é o quadro. Eu sou o pincel'. Meu trabalho foi unir a história dele à tela. Tive o compromisso de mostrar, de maneira cinematográfica, como é o mundo do pixo e a realidade dos pichadores. Tudo com muito cuidado, sem tomar nenhum partido ou colocar um ponto de vista", complementa o diretor e roteirista Claudio Borrelli.


Urubus foi vencedor da 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo nas categorias do Público como Melhor Filme de Ficção Brasileiro e da Crítica como Melhor Filme Brasileiro. O longa também teve reconhecimento internacional ao conquistar os prêmios de Melhor Filme e Atriz Coadjuvante (Bella Camero) no British Independent Film Festival; Melhor Diretor no Manchester International Film Festival; Prêmio do Júri no Narrative Feature Film, do Fabrique Du Cinéma Awards, presidido por Matt Dillon; e o LAIFFA Winter Award - Winner, no Los Angeles Independent Film Festival Awards.

Além de Gustavo Garcez e Bella Camero, estão no elenco Bruno Santaella, Júlio Martins, Roberto Orlando e Matias Antônio.

Comments


NOVIDADES