top of page

Estreia hoje a série documental Se Eu Fosse Luisa Sonza na Netflix

Os dois lados da fama e do sucesso, exposição online, hate digital, saúde mental e os bastidores do álbum Escândalo Íntimo estão na série documental



Nesta quarta (13), estreou na Netflix a série documental Se eu Fosse Luísa Sonza. A obra traz depoimentos inéditos e reveladores sobre a vida e o trabalho da artista. Luísa abre o coração e conta sobre a sua relação com a fama, saúde mental, amores e trabalho. A série tem participações especiais como a do humorista Whindersson Nunes, com quem foi casada e mantém uma relação de amizade. 


Qual o limite para uma artista em ascensão? A carreira de uma das mais populares artistas da atualidade no Brasil será retratada em três episódios, mostrando Luísa em sua camada mais sensível, sem medo de se expor e de encarar as controvérsias de seu passado e presente.


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 


Os fãs (e os haters) vão saber mais sobre a produção do álbum Escândalo Íntimo e o processo criativo da cantora, que está presente em cada etapa do projeto. Luísa abre ao público os bastidores reais da estrada, dos estúdios no Brasil e nos Estados Unidos, fala sobre seus relacionamentos afetivos e cuidados com a saúde.


A música é um caminho para eu aguentar ser fraca do jeito que eu sou porque, quando deposito na música, o sofrimento não é em vão, vira uma letra”,

depõe Luísa no documentário. Cada depoimento contribui para o público conhecer um outro lado de Luísa, que revela, além da artista poderosa nos palcos, as incertezas, aprendizados e inseguranças de uma mulher prestes a completar 25 anos.



 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 


Se Eu Fosse Luísa Sonza é uma série documental com 3 episódios, criada e produzida pela Conspiração/Hysteria, sob a direção de Isabel Nascimento Silva e produção executiva de Luísa Barbosa e Renata Brandão.

Sobre a Conspiração

A Conspiração é a produtora independente brasileira mais indicada ao Emmy Internacional. Vencedora do maior prêmio da TV mundial com A Mulher Invisível (Melhor Comédia) é também realizadora de séries como Sob Pressão (TV Globo), Magnífica 70 (HBO), 1 Contra Todos (FOX) e Reality Z (Netflix). No cinema, participou dos festivais de Cannes, Berlim, Veneza, Toronto e foi responsável pelos sucessos de bilheteria Vai Que Cola, Eu Tu Eles e 2 Filhos de Francisco - indicação oficial do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Comments


NOVIDADES

Evento interativo Disney+ chega ao Iguatemi Campinas