top of page

POCPOC: Pedro Sampaio atinge o topo do Spotify pela segunda vez na categoria

A faixa, que teve mais de 1.3 milhão de plays na última quinta-feira, é o primeiro trabalho solo do artista a alcançar o feito


Por LIPE JUSTINO


POCPOC: Pedro Sampaio atinge o topo do Spotify pela segunda vez na categoria (Foto: Divulgação)

POCPOC, de Pedro Sampaio, atingiu a primeira posição do Top 50 Brasil do Spotify nesta sexta-feira (26). Com mais de 1.3 milhão de plays, a faixa é o primeiro trabalho solo do DJ a alcançar o número um do ranking. A faixa soma quase 40 milhões de streams na plataforma. Enquanto o clipe, que conta com a participação da atriz Deborah Secco, tem mais de 10 milhões de visualizações no YouTube. 


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 



O sucesso é tanto que a faixa entrou também no Top 200 global, sendo a sexta vez que o DJ e produtor emplaca seu trabalho no chart mundial do Spotify. Também estiveram na lista “DANÇARINA”, “GALOPA”, “NO CHÃO NOVINHA”, “SENTADÃO” e “CHAMA ELA”. Além disso, Pedro Sampaio é o único artista pop masculino brasileiro com duas músicas que ultrapassam 200 milhões de streams no Spotify Brasil, com “DANÇARINA” e “GALOPA”.


O artista já havia atingido a primeira posição da plataforma com “DANÇARINA”, parceria com MC Pedrinho, em 2022. Na época, o hit bateu também o recorde em Portugal de música que mais tempo ficou no topo das paradas da plataforma por 20 semanas, sendo 19 consecutivas, batendo “Despacito”, fenômeno mundial de Luís Fonsi. 


No país lusitano, onde Sampaio tem tido cada vez mais espaço, “POCPOC” ocupa a terceira posição. No ano passado, o artista esteve duas vezes no país. Sua turnê solo passou por Açores, Braga e Lisboa, esgotando as maiores casas de shows da região, reunindo mais de 35 mil pessoas. Além disso, Pedro foi atração do Festival de São Mateus, em Viseu, onde teve recorde de público em um único dia. Em 2024, o músico volta a Portugal para se apresentar no Palco Gulp nos 20 anos do Rock in Rio Lisboa.

 

 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 

CARNAVAL

Com uma estrutura de Carnaval cada vez maior, Pedro transita por diferentes formatos de festas, entre eventos públicos e privados, camarotes, trios elétricos, entre outros. No ano passado, foram 14 shows em 9 dias. “Eu fiz meu primeiro carnaval temático, meu primeiro trio em São Paulo… Foi um projeto que tenho muito orgulho! E o mais importante pra mim é poder cantar para públicos diferentes no Brasil todo e receber essa energia em vários cantos do país”.


Em 2024, o músico passará por nove cidades, com cerca de 15 shows em 14 dias. Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Ouro Preto (MG), Porto Seguro (BA), Olinda (PE) e Acari (CE) receberão apresentações do funk star. Com a agenda de verão lotada, ele não pretende ficar parado. “Esse ano vem muita coisa aí (risos). Mais shows, mais trios, um tema que tenho certeza que vocês vão amar e, de quebra, um remix de “CAVALINHO” novo pra galera curtir junto com POCPOC”, finaliza.

1 visualização

Σχόλια


bottom of page