top of page

Claudia Raia responde sobre Lei Rouanet no Roda Viva

Claudia Raia fez participação no programa Roda Viva desta segunda-feira (6/5)



Claudia Raia no Roda Viva (Foto: Divulgação)

No Roda Viva desta segunda-feira (6), a atriz Claudia Raia abordou o tema político e a Lei Rouanet. Durante a entrevista, ela revelou que, a respeito de política, tem a mesma opinião da pintora Tarsila do Amaral, personalidade que Claudia interpreta no musical original Tarsila, a brasileira.


"Faço das palavras da Tarsila [do Amaral] as minhas palavras, quando ela diz: ‘eu não nasci pra política. Sinceramente, eu, como cidadã, acho que devo me posicionar, mas eu, como artista, meu ato político está em cena. Meu ato político é o meu trabalho’".

Ela enfatiza que seu espetáculo fala por si só e não precisa de palavras adicionais sobre questões políticas ou partidárias


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 

Claudia Raia no Roda Viva (Foto: Divulgação)

Quanto à Lei Rouanet, Claudia Raia reconhece sua importância para a vida dos artistas, mesmo afirmando que não é “filha” da lei criada em 1991. Ela destaca que “a Lei Rouanet ajuda e ajuda muito”, e que faz parte de um grupo de produtores que busca melhorar a legislação. A atriz também ressalta que a lei é fundamental para o desenvolvimento do teatro musical no país e rebate críticas, incluindo aquelas feitas pela ex-secretária de Cultura, Regina Duarte.


Em resumo, Claudia Raia valoriza o incentivo cultural proporcionado pela Lei Rouanet e acredita que seu trabalho artístico é uma forma de expressão política em si mesmo.


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE

 

Claudia Raia no Roda Viva (Foto: Divulgação)

A atriz retornou ao programa após 33 anos de sua primeira participação em 1991, quando tinha apenas 24 anos de idade. e abordou outros temas:


  • Etarismo e Maternidade: Cláudia abordou o etarismo, destacando os desafios que as mulheres enfrentam com a gravidez após os 50 anos. Essa é uma questão importante, pois muitas vezes as mulheres mais maduras são julgadas por suas escolhas reprodutivas.


  • Representatividade Feminina: Ela também refletiu sobre a representatividade das mulheres maduras nas capas de revista e no mercado publicitário. Cláudia enfatizou a falta de protagonismo para mulheres com mais de 40 anos, o que é uma discussão relevante sobre a visibilidade e valorização dessas mulheres na mídia.


  • Experiência como Produtora Teatral: Além de sua carreira como atriz, Cláudia compartilhou sua experiência como produtora teatral. Ela discutiu os desafios e privilégios desse trabalho no cenário teatral contemporâneo. É interessante ver como ela se envolveu em diferentes aspectos da indústria do entretenimento.


A entrevista está no ar ao vivo, na TV Cultura, no site da emissora, YouTube, Tik Tok, Twitter e Facebook, com apresentação de Vera Magalhães.

4 visualizações

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page